Cabo da Roca, Colares (Portugal)

Se tiver a oportunidade de visitar o Cabo da Roca, prefira a época entre Maio e Junho. Descobrirá um lugar magnífico. Um verdadeiro paraíso formado por um enorme tapete verde salpicado com flores de tons amarelados e, ao fundo, os diversos contrastes do azul que o Atlântico pode mostrar. A altitude, o vento, a beira do penhasco e a vista do alto das falésias são de tirar o fôlego. O Cabo da Roca está nos limites da cidade de Colares (Sintra), mais exatamente dentro do Parque Natural de Sintra e Cascais.

Vista do Atlântico do Alto da Falésia

O mar. Lindo, rochoso, azul e revolto


Aqui, conforme escreveu Luis de Camões em "Os Lusíadas", é o local “Onde a terra se acaba e o mar começa”. Toda a área do penhasco é bastante isolada do resto da cidade. Existem apenas algumas poucas edificações como: o próprio Farol do Cabo da Roca, a cruz, os marcos e uma pequena loja turística com presentinhos. O acesso de carro é muito fácil por boas estradas. Este é o ponto mais ocidental do continente europeu. Vale à pena a visita. 


Na própria edificação do farol você pode pegar todas as informações turística de Sintra e arredores, pois, na parte baixa do prédio, fica o Posto de Turismo do Cabo da Roca que abre todos os dias do ano das 09:00 às 19:30 hs. Maiores informações: pelos telefones +35 21 9280081 ou pelo e-mail dtur.roca@cm-sintra.pt

À beira da falésia

Cabo da Roca visto do Farol

Nos começo dos anos 90 assisti um programa de TV que era feiro pelo grande repórter Goulart de Andrade. No episódio da semana ele mostrava toda a beleza natural do lugar. Desde então, coloquei na cabeça que, um dia, eu visitaria este local. Visitar o Cabo da Roca foi uma realização pessoal. De quebra, todos os arredores desse lindo lugar. 

No topo das Falésias com o Cruzeiro ao Fundo. 


Mas fazer um post exclusivamente para o Cabo da Roca? Essa região não pertence à Sintra? E qual o motivo do post ser colorido e tantos outros terem fotos P&B?  Bom. A paisagem florida ajuda e incentiva a mostrar as cores do lugar. 

Falésias totalmente floridas em Junho.

O acesso de carro é hiper fácil por rodovias de qualidade. O Farol do Cabo da Roca fica há pouco mais de 20 km do centro de Sintra (mapa), 50km de Lisboa (mapa) e há cerca de 240 km de Coimbra (mapa). Mas, mesmo partindo de Coimbra, embora mais distante, vale à pena a viagem, uma vez que se chega através da rápida auto-estrada E-1, gastando pouco mais de duas horas. Sim. Certamente o local merece uma visita em seu roteiro de viagens à Portugal. 


Estando em Lisboa, segue a dica de um bom passeio de um dia dirigindo: Acorde cedo. Dedique esse dia para dirigir, passear e apreciar um roteiro de apenas 110 km ida e volta (mapa). Lisboa, Estoril, Boca do Inferno, Cascais, Guincho, Cabo da Roca, Praia das Maças (parada para almoço), Sintra (a tarde toda) e retorne à Lisboa. Note que em Sintra será a parte mais pesada do passeio, pois o Castelo Mouro e o Palácio de Pena pedem por caminhadas maiores. Mas dá tempo de fazer esse belo passeio de um dia pela região. 

No nosso blog, temos umas postagem completa de Sintra. Veja aqui. 

Temperatura e Chuvas anuais no Cabo da Roca



Dicas Importantes:
Beba água e use um calçado confortável. Terreno irregular.
Farol do Cabo da Roca
Posto de Turismo do Cabo da Roca
Parque Natural de Sintra e Cascais
Coma um bom peixe na Praia das Maçãs (mapa)
Não se preocupe com os acessos. São ótimos.

Data da Viagem: 2012 JUN
Cidade de Origem Lisboa
Cidade de Destino Sintra
Meio de Transporte: Automóvel

Veja este vídeo do youtube (Direitos Maximiliano Xavier)


 Espero ter ajudado.

2 comentários:

  1. Já ta na lista.....adoreiiiiii,,,mas acho que não é muito plano nè????

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá para fazer um pedal sim. Mas fica mais ao norte, entre Lisboa e Coimbra. Seu projeto é sul. Lugar fora do seu roteiro.

      Excluir